Impulso EP

by Inventário

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
00:36
2.
02:13
3.
03:14
4.
02:56
5.
03:30
6.
00:55
7.
8.
9.
04:33

about

Gravado, mixado e masterizado no estúdio Redtape Records, no período de junho de 2014 até fevereiro de 2015.

credits

released April 15, 2015

Técnico de gravação: Thiago Locke
Pré-Mixagem: Thiago Locke
Mixagem: Francisco Patrício
Produção: Thiago Locke
Masterização: Francisco Patrício
Arte da Capa: Ana Elisa Martins
Todas as músicas por Inventário

Participação especial: Igor Litwak tocando trompete em Não Era Mais.

Gratidão aos nossos amigos, nossos hermanos e nossos familiares que nos deram todo apoio. Gratidão, também, a Flávio Caveira, Igor Litwak e Bernardo Malta.

tags

license

about

Inventário Rio De Janeiro, Brazil

Banda carioca de rock alternativo formada em outubro de 2012.

contact / help

Contact Inventário

Streaming and
Download help

Track Name: Impulso
O tempo que você quer
É o tempo que não te quer
Pra fora da cama
Te gasta, te deixa a pé
Sem asa, sem mapa...
É o fim do que você quiser

Acorda e finge que tem fé
Que a tua espada de guerra é
Você
Onde está o teu amor?

O tempo que não te quer
É o tempo que você quer
Pra fora da cama
Te invade te leva até
O fim do que você quer
Sem asa, sem mapa, é...

Te deita e descansa a tua fé
Que a tua própria paz quem cria é
Você

Acorda e finge que tem fé
Que a tua espada de guerra é
Você

Pra onde foi a tua dor?
Track Name: Pra Lá
Na luz da TV reflete o final
Entre passos se vê a paz desse mal
Será?
Ainda fujo pra não encarar
Me procure onde sou bem melhor: pra lá

Precisas de um quando se te mais?
E o tempo entende: diz que sou capaz
Vê lá...
De longe ainda me perco a sonhar
No horizonte só vejo o mar

E queira só me ver no tempo que eu resolver
Mudar, pular nos trilhos do metrô
E queira um dia perceber a falta que eu sinto de você
Track Name: Meio a Meio
Eu não sei mais aonde ir
Não sei se devo te trazer
Pra mais perto de mim
Pra longe de tudo
Eu não quero ter que decidir
Não tenho mais o que dizer
Se o teu fim é assim
O que mais eu posso fazer?

Não te agrada mais
O estilo bossa nova e rock'n roll?
Não te satisfaz
Assim do jeito que eu sou?

Então me diz
O quanto eu tenho que esperar
Pra então poder voltar a ser
O seu amuleto
O seu adormecer?
Não finge que tá nem aí
Eu sei, você não me esqueceu
E canto assim meio feliz
Pois sei que ainda sou teu

Você não tem o direito
De me largar pra trás assim
Então olha pra cá
E veja que foi tudo bem
Quero voltar ao início
De quando tudo tava em paz
Tudo era mais simples
E eu me sentia
Capaz de ser teu
De ser teu…
Track Name: Esteira
Esquece essa aventura
Seu loiro manchado não esconde teu calo
Não me enrola, menina má
Me olha nos olhos, toma mais um gole
Atirei no escuro
Ouvi o seu grito
Ainda não sei se acertou
Larga essa bandeira
Sai de cima da esteira
E vem dizer se a gente é beira ou mar

Devia mudar seus valores
Quase me engasgo nessa dúvida
Nos sonhos mais negros sem cores
Não te decifrava pelo teu olhar
Nos planos mais belos tratores
Quebravam esse muro a nos separar
Te via coberta de flores
E você jogava a rosa para mim
Track Name: Não Era Mais
_ Sem essa de voltar! Voltar atrás não é passado. Escasso é teu cuidado.

_ Olha lá... Já vem se esconder atrás do que eu nunca fui.

_ Nem será expondo o que não há.

_ Tanto quis se cobrir que não deixou a dor passar.

_ Tanto faz se atrás da pele se esconde em digitais.

E vai sem ver... eu vou sem crer na veia. Escolhe ser sabendo que sabia que não era mais.
Track Name: Tempestade Cinza
Há esperança em alto mar
Abrirá a porta?
Ar de pesar no teu olhar
Quem se importa?

Encarar o mal à frente
Tempestade cinza
Sorriso amarelo
Bate no peito, vermelho
Track Name: Rotina
Todo dia ela acorda de manhã
Olha no espelho e não entende o porquê
Se é verdade ou apenas ilusão
A sua vida é quase um romance clichê

Já tá cansada dos olhares por aí
Ela só queria um amor pra se iludir
Mas na verdade ela quer se libertar
Sair do fundo e vir pra frente pra cantar
Shalalalalalalala

E a noite volta e deita pra tentar dormir
Ela só queria alguém pra se despedir
Mas na verdade nada disso é ilusão
E vai tentando conviver com a solidão

Essa rotina que não passa e não a deixa dormir
E todo dia, todo dia ela quer desistir
Essa rotina que não passa e não a deixa andar
Fora da linha e viver o agora sem se preocupar